Divulgadas novas fotos e informações de Lady Gaga em American Horror Story: Hotel

admin em 12.9.2015 ás 10:00    

A revista Entertainment Weekly dessa semana conta com Lady Gaga na capa e traz diversas informações sobre American Horror Story: Hotel. Confira a matéria traduzida na íntegra:

001É realmente uma orgia se metade dos participantes estão mortos? Esta pergunta foi feita em uma tarde quente de segunda-feira no set de American Horror Story: Hotel, em Los Angeles. Lady Gaga estreava em AHS como uma figura enigmática chamada de Condessa, e Matt Bomer, que interpreta seu amante Donovan, estão filmando sua cena romântica. A cena envolve a Condessa e Donovan se divertindo sem roupa com outro casal na cobertura dela no hotel – e depois rasgando as gargantas de seus convidados com uma luva afiada como um estilete e depois se alimentando de seu sangue. Logo após, eles se separam para cada um filmar suas cenas respectivamente. Matt usando uma luva preta em sua mão e somente uma meia para cobrir seu pênis, mata primeiro, com o co-criador e diretor Ryan Murphy ditando comandos como “Bata! Beba o sangue!” Gaga encontra-se atrás dos monitores e assiste tudo como uma super fã. “Yaassss, queeeeeen! Mecha esta luva.” ela grita no final da cena. Ryan volta e imita a reação de Gaga. Rindo, ela diz, “Vou ficar molhadinha!”

001

Entre cenas, a seis vezes ganhadora do Grammy entretém com histórias sobre a sua paixão pela série Real Housewives (ela assiste todas) para os seus amigos celebridades (ela está cuidando do cavalo de Cher atualmente). O set de AHS está sempre muito ativo, mas a chegada de uma estrela do nível de Lady Gaga, conhecida por hits como “Born This Way” e “Applause”, encheu os sets com uma energia surreal. Para se ter uma noção, sua presença atrai visitas como a de John Travolta, que atualmente está filmando outra série de Ryan, American Crime Story: The People vs. O.J. Simpsom nos estúdios ao lado. Ainda vestido como o advogado de defesa Robert Shapiro, John abraça Gaga, que veste um roupão, e eles conversam sobre a boa amiga de John, Barbra Streisand. (Fotos de John, Gaga e Ryan na casa de Barbra surgiram nas redes sociais dias depois.)

004

Agora é a vez de Gaga de filmar sua cena matando, a qual John decide ficar para assistir. A câmera está posicionada na cama na perspectiva da vítima de Gaga. Ryan diz, “Ação!” e a estrela vestida apenas com um tapa seios encrostado de diamantes e um colar combinando começa a se contorcer em volta da cama como um animal faminto. “Ela é a única atriz que quis ir além do que estava escrito, em termos de cenas explicitas,” diz Ryan. “Você escreve uma cena de orgia, você espera várias perguntas. Ela nunca fez isso. Ela apareceu e estava vestindo um tapa seios de diamantes, um band-aid em sua vagina, salto alto e um véu preto que Alexander McQueen fez para ela um dia antes de sua morte. A equipe inteira então suspira de alegria e nós começamos!” Lembra Gaga, “Eu cheguei no meu primeiro dia e estava determinada a dar tudo de mim.” A atitude de Gaga, o melhor ou nada, é o que representa essa temporada inteira de AHS.

009

A série do FX, que a cada ano trata de um assunto totalmente diferente, porém com os mesmos atores, vai estrear a sua temporada mais sangrenta, sexy e desafiadora no dia 7 de Outubro, com Gaga como a face da série agora que Jessica Lange saiu. “Agora temos a chance de fazer algo que a Jessica não faria,” disse Ryan. “Então, o tom é diferente – mas ainda é a mesma série. Eu acho que tem o que as pessoas querem ver.” Acrescenta Sarah Paulson que fez parte de todas as cinco temporadas de AHS: “Tem algo sobre esta temporada, que é realmente diferente. É vibrante. Cada temporada tem um tom de cor diferente. E eu acho que o dessa é vermelho sangue.” Não é todo dia que você recebe uma ligação inesperada de Lady Gaga, nem quando você é Ryan Murphy (Glee, American Horror Story). “Eu estava em um canteiro de obras quando meu celular tocou,” ele se lembra. “Eu não reconheci o número. [Eu atendo e] escuto ‘Por Favor, aguarde na linha para falar com Gaga.’ Eu acho que ‘Bad Romance’ estava tocando [enquanto eu aguardava],” diz ele rindo. “Então, ela atendeu. No início, achei que poderia ser um trote, mas tivemos uma conversa adorável.” E uma conversa breve, também, disse Gaga, que é uma grande fã de AHS (Freak Show foi sua temporada preferida). “Eu liguei pra ele e disse, ‘Ryan, eu quero estar em Horror Story.’ E ele disse’ ‘Okay.’ E assim foi.”

231

A pop star está à frente da quinta temporada de AHS, intitulada Hotel. Não foi nenhuma tarefa difícil conectar Gaga à série de horror. Essa é a mesma mulher que usou um vestido de carne no VMA de 2010 e que chegou ao Grammy em um ovo gigante. Mas recentemente, a cantora tem escolhido um caminho mais suave, mais seguro, colaborando com Tony Bennett em um álbum de jazz e performando The Sound of Music na cerimônia do Oscar ano passado. Ela diz que agora que está pronta para voltar a persona esquisita e assustadora na qual seus fãs se chamam Little Monsters. “Eu tenho me emocionado muito enquanto estou aqui, porque eu voltei para algo que acreditei muito, que é a arte da escuridão, do horror”, disse a cantora. “Não é algo que todos entendem, mas, para as pessoas que entendem – Fãs de Horror Story, meus fãs – há uma verdadeira conexão entre a gente, e é uma linguagem dentro de si mesma.” Após quarto temporadas de AHS, Ryan é familiar com esta linguagem. A temporada passada, Freak Show, foi a temporada mais assistida – e a que mais recebeu nominações ao Emmy – porém Ryan e seus escritores tomaram uma direção diferente com esta quinta temporada. Ele sabia que queria algo moderno e assustador, mas também algo básico, essencial. “Eu não tenho medo de shows de horror. Não tenho medo de palhaços. Não tenho medo de bruxas,” diz ele. “Porém, já tive algumas experiências assustadoras em hotéis, aonde algumas pessoas tem acesso aos quartos. Pode ter alguém se escondendo debaixo da cama. Então, acho que o aspecto assustador desta temporada é mais moderno e real, e eles agem no medo e na paranoia das pessoas.”

008

Enquanto percevejos possam ser a maior preocupação para a maioria dos viajantes na vida real, o Hotel Cortez nos entrega uma enorme quantidade de terrores de férias bem mais aterrorizantes. Construído em 1930 pelo galante e rico mas profundamente psicótico James March (Evan Peters), o lindo hotel art-déco é, na verdade, uma espécie de labirinto construído para esconder as atividades assassinas de March (pense em lugares sem saída, quartos secretos, fossas sem fim). Nos dias atuais, o Cortez é adquirido pela Condessa (Lady Gaga), uma socialite glamorosa que faz eventos de arte e festas fashion, ela não mantém seu visual a partir de uma dieta de repolho, mas sim bebendo sangue humano. Ryan não gosta de chamar isso de vampirismo. “Eu prefiro o termo ‘vírus de sangue antigo’, disse Ryan. “É uma forma de hemofilia, de certa maneira. Não tem capas, ou garras.” O vírus porém, tem seu lado bom. Ele contém algumas características vampirescas como não envelhecer. (Toma essa, Botox!) Mas com todo esse tempo em suas mãos, o que a Condessa deseja são distrações amorosas – ou “projetos,” como Gaga prefere chamar. Um deles é Donovan, seu amante há mais de vinte anos. Mas como qualquer casal, estão passando por problemas de fidelidade. “Ele é muito interessado em domesticidade e um tipo de carinho, de sentar no colo e de tê-la para si de vez em quando, o que não corre muito bem devido a sua fome sem limites”, diz Matt.

005

A tentação chega na forma do modelo da alta costura, Tristan (Finn Wittrock), que chama a atenção da Condessa. “Ele é o cara que faz o que as pessoas o mandam fazer,” diz Finn. “Ele tem uma personalidade viciante. Eu acho que ele é hipersexual também, é apenas segue o seu instinto. O que o torna um candidato e tanto para a Condessa, e ele é logo transformado por ela,” Isso, naturalmente, não cai bem com Donovan, e acaba formando um triangulo amoroso macabro. “Ela precisa dos dois de maneiras diferentes,” diz Gaga. “O que faz a história ficar interessante no sentido humano e vilão, é que ela os ama verdadeiramente, não importa o que eles passaram juntos.” Donovan não é o único que terá problemas com a Condessa. Uma de suas paixões do passado, a atriz de cinema Ramona Royale (Angela Basset), também procura vingança e vê em Donovan a oportunidade de entrar no hotel. “Elas são mulheres poderosas, cada uma acreditando que está certa,” diz Angela, que aponta as similaridades com a relação entre Marie Laveau/Madame LaLaurie da terceira temporada. “Eu acho que remete um pouco a Coven, aquela atmosfera.” Embora a Condessa pareça fria e sem coração, com a sua troca de parceiros, ela possui um lado maternal, tendo adotado/sequestrado crianças que se alimentam de sangue. Diz Ryan, “Não tem nada mais assustador que um bebe loiro platinado correndo por todo lado fazendo maldades.” Também vagando pelo hotel, está a mãe obsessiva de Donovan, Iris (Kathy Bates) – que é a responsável pela recepção – como a travesti interpretada por Denis O’Hare. Explica Ryan: “Ele é um homem de negócios que tem vindo ao hotel para viver suas fantasias interiores. Ele roubava os casacos de pele da sua esposa e os usava. Então a Condessa, diz que a sua persona feminina a lembra Liz Taylor.” AHS tem se mostrado forte em abordar assuntos considerados tabu em cada temporada, como homofobia (Asylum) e raça (Coven).

002

Em Hotel, Ryan tem focado em vício, o que é retratado na personagem de Sarah, a drogada Hypodermic Sally. “Ela é uma verdadeira vilã que fará tudo para abastecer seus vícios,” diz Ryan. “E ela e a Condessa são amigas.” Sally também tem uma relação muito íntima com um dos principais monstros de Hotel, o demônio do vício. Espectadores que pensavam que as criaturas de temporadas passadas como o Homem de Borracha e Bloody Face eram assustadores devem se preparar para este de agora. Como se seus olhos e boca que parecem ser cobertos por cera não fossem assustadores o suficiente, esse monstro usa um vibrador em forma de cone com pontas imitando uma furadeira. Em uma das cenas, aonde ele usa o seu “objeto” em Sally e seu amigo drogado Gabriel (Max Greenfield). Ryan disse ter sido “a cena mais perturbadora que já fizemos.” Direi apenas que não é uma cena de amor qualquer. “Vamos fundo, vamos ver até onde conseguimos ir.” Brinca Max, “Alex [Ward, que interpreta o monstro] foi facilmente o melhor parceiro de cena que já tive em minha vida. Eu diria Damon Wayans Jr., e depois Alex. Mas também diria que prefiro Alex a Jake Johnson.” Baseado na equipe e ocupantes do hotel Cortez, não é surpresa saber que um de seus residentes será o serial-killer dos dez mandamentos. O detetive da polícia de Los Angeles John Lowe (Wes Bentley) está atrás do assassino – o qual utiliza de passagens bíblicas como inspiração para seus crimes – e começa a desconfiar que ele está vivendo no hotel. John se muda para o quarto 64 (antigo escritório do Mr. March) na esperança de solucionar o crime. Mas ele acaba acidentalmente levando a sua esposa pediatra (Chloë Sevigny), e sua filha para dentro desse mundo se sanguessugas, demônios e talvez-mortos atendentes de 1930. Com cada temporada de AHS crescendo em audiência, e adição de Gaga este ano, Hotel pode ser a temporada mais popular até agora. O apetite do público fez Ryan e sua equipe considerarem duas temporadas ao invés de uma. Revela ele, “ano que vem talvez teremos uma no outono e outra na primavera. Ainda temos que decidir. A próxima, estamos criando de uma forma bastante diferente. Não menor. Mas imoral e escura.”

a

Hotel ainda não estreou, porém Gaga disse que ela facilmente voltaria para mais um ano. Enquanto alguns atores podem hesitar com o banho de sangue das cenas que ainda faltam filmar, Gaga esta positivamente excitada. “Eu sempre quis ser uma atriz,” diz ela, “Eu era terrível em audições. Eu ficava muda, era muito estranho. Eu não era muito bonita nos tempos de escola. Eu estava meio que ‘desabrochando’. Agora, estou aqui.” Kathy Bates acredita nela: “Nós filmamos uma cena juntas. Ela passou por mim e só tinha uma fala e ela me assustou pra caramba! Ela tem essa tremenda imaginação e criatividade, e ela está realmente dando tudo de si.” Mesmo antes de Gaga chegar no set, ela já tinha se feito presente. “Ela me mandou uma caixa com flores mortas e um urso de pelúcia sem cabeça,” disse Wes Bentley. “Eu acho que ela mandou para algumas pessoas.” Com esse hotel de horrores, a Mãe Monstro não poderia ter achado um lar melhor.

American Horror Story: Hotel estréia dia 07 de Outubro com transmissão simultânea para o Brasil, no canal FX.

Fonte: American Horror Story Brasil

Abaixo, confira as capturas da revista completa:

Comentários