FILTHY POP: Polêmica da Born This Way Foundation

admin em 12.3.2014 ás 11:42    

Filthy Pop é a nova coluna crítica do LGBR comandada pelo editor do site, Max Gomes. 

A mídia norte-americana tem tendado sabotar Lady Gaga de várias formas desde que a cantora teve um problema no quadril que a obrigou cancelar vários shows de sua Born This Way Ball Tour. Com um peso negativo sobre sua imagem, Gaga tem conseguido driblar várias criticas gratuitas e ainda assim se manteve no topo como uma das melhores cantoras pop atualmente.

A tentativa mais recente de manchar a imagem de Lady Gaga veio de uma matéria que se espalhou rapidamente na internet. Segundo o New York Post, a Born This Way Foundation seria apenas uma fachada para dizer que Lady Gaga é uma boa pessoa. O site usou os papéis das contas da BTWF em 2012 para alegar que Gaga utilizou apenas U$5,000 dos fundos para caridade e que o resto, valor que ultrapassa dois milhões de dólares, teria sido usado para cobrir gastos com site, redes sociais, pesquisas, publicidade e etc. A questão é: até que ponto isso é verdade e o que o NY Post está escondendo.

Para fazer esse postagem especialmente para o Lady Gaga Brasil, analisei os valores oficiais que foram detalhados pela Born This Way Foundation e o trabalho que foi feito por eles desde o começo. Assim ficou claro que os gastos acusados pelo New York Post de serem inapropriados são realmente usados de acordo com a proposta da BTWF. Ela não é uma organização que arrecada fundos para outras instituições e por isso a taxa de cinco mil dólares não é o principal foco, como aconteceu na matéria do site americano. Então, entendendo isso, esse valor seria considerado mais como um bônus do que como uma simples obrigação.

Segundo Cynthia Germanotta, a verba utilizada pela Born This Way Foundation é para o crescimento da organização que visa atingir o maior número possível de pessoas e espalhar informações construtivas contra o bullying. O valor gasto com pesquisas e publicidade se tornam compreensível quando visto que a intenção é fazer com que as mensagens de bondade e bravura cheguem a uma grande escala de pessoas. No entanto, o valor que mais chocou foi o uso de 50 mil dólares para mídias sociais, mas, da mesma forma que falaram dos cinco mil, algo também passou despercebido nessa avaliação. A Born This Way Foundation atua principalmente pela internet, ajudando todos com suas mensagens de compaixão e ajudando, em particular, os indivíduos que procuram por ajuda online (e, pelos dados fornecidos por Cynthia, esse número que já ultrapassou meio milhão de pessoas).

Mas além de dar informação online, a Born This Way Foundation criou o Born Brave Bus que, mesmo com a turnê da Gaga sendo cancelada, continuou sua jornada pelos Estados Unidos, com vários eventos causando um impacto profundo em um pequeno período de tempo. A turnê do Born Brave Bus, que contou com a participação de pequenos artistas como Breedlove, atraiu vários jovens que foram procurar ajuda e conforto no ônibus.

E pra finalizar, é necessário também relembrar quem é a grande doadora da Born This Way Foundation: Stefani Germanotta, mais conhecida como Lady Gaga. A cantora já foi até matéria da Forbes por investir milhões na organização que ela e sua mãe, juntas, cuidam com muito carinho.

 

PS: Todas as informações contidas nesse post foram retiradas de fontes seguras e as comparações foram feitas com base no material divulgado pelo New York Post e pela Born This Way Foundation.

Comentários