Rolling Stones: Detalhes de Lady Gaga e Tony Bennett e seus duetos magníficos

admin em 29.7.2014 ás 7:23     1 Comentário

Ontem (28) aconteceu o concerto “Cheek To Cheek: LIVE”. Lady Gaga e Tony Bennett conversaram com revista Rolling Stone no tapete vermelho antes de começar o concerto no Lincoln Center. Confira a matéria:

Quando Lady Gaga relembra seu primeiro encontro com o cantor garganta de ouro, Tony Bennett, ela ainda parece impressionada. Tudo começou em 2011, Gaga havia acabado de realizar um cover da música “Orange Colored Sky” de Nat King Cole  – “uma canção de jazz”, ressalta ela –  no Baile de Gala Beneficente da Robin Hood Foundation, em Nova York, quando ela recebeu a notícia Bennett, queria vê-la depois do show. “Ele me ouviu cantar essa canção, e pediu para me encontrar”, diz Gaga agora. “Eu disse, ‘Oh, meu Deus, Tony Bennett está aqui.’ Eu estava tão nervosa. Então eu arrumei meu cabelo, e minha mãe retocou minha maquiagem. Voltamos a encontrá-lo depois, e ele disse direto: ‘Você quer fazer um álbum de jazz comigo?” Eu disse: ‘Sim, claro que eu faço. “E nós ficamos amigos desde então.”

 ‘Oh, meu Deus, Tony Bennett está aqui.’ Eu estava tão nervosa. Então eu arrumei meu cabelo, e minha mãe retocou minha maquiagem. Lady Gaga

 

home

 

Ontem à noite, Gaga e Bennett caminharam lado a lado no tapete vermelho. Gaga usava um vestido preto decotado e Tony vestindo um smoking e com um sorriso de orelha a orelha. Antes de cantarem juntos no Rose Theater, em Nova Iorque. No concerto, “Tony Bennett e Lady Gaga – Cheek to Cheek: LIVE”, que irá ao ar no “PBS Great Performances” e que precedeu o anúncio de que o álbum “Cheek to Cheek”, estará saindo no outono dos cantores, no dia 24/09.

Anteriormente, Gaga e Bennett gravara “The Lady Is a Tramp” em 2011 para o álbum do cantor “Duets II”. “Ela é tão boa quanto Ella Fitzgerald”, disse ele à Rolling Stone na época (na ocasião, ele também desenhou Gaga nua e brincou sobre o assunto em especial no Ação de Graças). O casal começou a discutir sobre fazer um novo dueto e gravar juntos no início de setembro de 2012, e começaram a gravar na primavera de 2013, apesar da lesão no quadril de Gaga. Agora está finalmente acontecendo, principalmente como eles tinham dito que seria.

“Ela é tão boa quanto Ella Fitzgerald”, Tony Bennet, em 2011

Embora Bennett teria dito a um site francês que Gaga tinha escrito um novo material para o álbum, especificamente uma canção chamada “Paradaise”, Gaga disse à Rolling Stone no tapete vermelho que o registro seria composto apenas de músicas vindas de clássicos, pelo menos neste momento. “Serão todas as músicas de grandes músicos americanos”, diz ela. “Como é que nós escolhemos as músicas, Tony?” “Todas as grandes canções de George Gershwin, Cole Porter, Irving Berlin, e todos os grandes compositores”, diz Bennett.

dueto Tony Bennett

 

“Nenhum outro país já deu ao resto do mundo tantas canções magníficas, e elas viverão para sempre. Espere até você descobrir quando Gaga canta essas músicas.” Tony Bennet

“Ela queria que eu cantasse um monte de músicas diferentes”, Gaga se junta a ele nesse momento. Mas, ela diz que sabe sobre a sua música favorita. “Ele realmente gosta quando eu canto “Lush Life”, diz ela, referindo-se a canção do compositor Billy Strayhorn e que foi gravada por todos, desde Nancy Wilson e Sarah Vaughan á Donna Summer e Linda Ronstadt.  “É muito especial”, diz ele com um sorriso.

Gaga tem sido tomada pela experiência de fazer “Cheek to Cheek”, tanto que em junho, ela fez uma tatuagem. Um esboço que Bennett tinha desenhado, um trompete de Miles Davis, que agora marca o interior de seu bíceps direito. No tapete vermelho, Gaga diz que é “só para que eu possa sempre lembrar de todo esse tempo juntos.”

Mais cedo no tapete vermelho, a colaboradora e amiga de Gaga, Lady Starlight disse à Rolling Stone que apesar de Gaga ter dito em uma legenda no Instagram, que cantava jazz desde os 13 anos, ela não podia acreditar que Gaga pudesse cantar jazz do jeito que ela canta.

“Eu conheço a Lady Gaga há quase 10 anos e posso ter ouvido tudo que ela já fez, e isso é realmente incrível. Ela simplesmente não soa como a Lady Gaga de sempre… A qualidade da voz, o fraseado musical, tudo! Foi muito interessante para mim. Estou acostumada a ouvi-la cantar baladas, pop e rock, o que me faz entender mais sobre ela e que eu poderia ouvir como a voz dela mudou. Foi uma experiência muito legal para mim.” Lady Starlight

Bennett vê algo mais a sua frente. “Gaga compõe, como eu componho”, diz ele no red carpet.

“Ela é uma cantora maravilhosa. Todo mundo a conhece e a ama muito. Acho que quando ouvirem o álbum que estamos fazendo, eles irão dizer: ‘Nós não tínhamos ideia de que ela canta tão bem.” Tony Bennett

 

Assista o clipe da música “Anything Goes”, primeira música do novo álbum, abaixo.

Comentários

  • Gabriel Veiga

    Gaga em segundo lugar com uma música lançada na madrugada de hoje! E melhor com uma música de Jazz, Gaga faz Jazz nos dias de hoje e dá certo! Depois ainda falam que ela está flopada ai ai… Deixa eles sonharem um pouco, ano que vem ganhamos mais alguns Grammy’s!